domingo, 16 de dezembro de 2012

Panorâmica sobre as Dinâmicas de pintura no Gimp 2.8

Um esquema dos paineis no Gimp 2.8.
Esquema de um painel com as abas das Dinâmicas de pintura e Definições de ferramentas.
As "Dinâmicas de Pintura" [Paint Dynamics] e as "Definições de Ferramentas" [Tool Presets] do Gimp 2.8 no seu conjunto são instrumentos maravilhosos para a pintura digital em especial. Exemplificar todo este potencial através de simples exemplos é uma tarefa muito árdua, complexa e extensa. Neste tutorial, por sinal bem longo, tentarei explicar como podemos usa-las nos melhores dos modos.

1.1 - Modos de conceber e usarmos as Dinâmicas de pintura
Com relação às "dinâmicas", acredito que existam dois modos possíveis de usá-las, o primeiro e o mais comum é pensá-las como uma especie de "preset" ou "definição de ferramenta". Nestes casos a "dinâmica" é ligada a uma "definição de ferramenta" [Tool Preset].
O outro modo é aquele, que parecem seguir os desenvolvedores do Gimp, na qual as dinâmicas são uma especie de comportamento geral e sendo assim possível aplicá-las a muitos tipos de ferramentas. Por exemplo, podemos imaginar dinâmicas que emulem técnicas pictóricas que serão usadas ou ligadas indistintamente a diferentes tipos de ferramentas (lápis, lápis de cor, óleo, aquarela, sumiê, tipos de pinceis, xilo, etc).
Este principio de construção apoiado no conceito de técnica e/ou de ferramenta para pintura ou desenho, parece ser aquele mais interessante ao meu ver... pois uma dada técnica não implica necessariamente numa ferramenta especifica. Por exemplo, não é o uso do pincel de tipo sumi-ê que dirá que a técnica resultante o será!

Listas default das Dinâmicas de pintura no Gimp 2.8
Listas default das Dinâmicas de pintura no Gimp 2.8.

O elenco default de Dinâmicas de pintura no Gimp 2.8, é bem pequeno e podemos observar que algumas destas dinâmicas estão já orientadas para algumas técnicas e/ou conceitos usados na pintura e desenho. Usar dinâmicas  como se fossem "Definições de ferramentas" [Tool Presets], podem gerar um grande numero destas e as vezes simples duplicatas somente pela necessidade de ligá-las a uma especifica definição de ferramenta [Tool Preset].

Nas versões 2.6.x do Gimp era possível ter a "Dinamica de Pintura" incorporada na "Definição de ferramenta" [Tool Preset], já no Gimp 2.8 isto não é mais possível.
No Gimp 2.6.x as funções de dinâmica de pintura eram também muito mais simples e bem menos sofisticadas e complexas que as das atuais dinâmicas do Gimp 2.8.
Atualmente temos dois tipos de arquivos: um para as "Definições de ferramentas" [Tool Presets], o arquivo tipo .gtp (contidos na pasta .gimp-2.8/tool-presets) e outro para as dinâmicas, o arquivo tipo .gdyn (contidos na pasta .gimp-2.8/dynamics). Isto implica que para cada "Definição de Ferramenta" criada e que necessite uma dinâmica, mesmo que levemente modificada, vai ser necessário criar um novo arquivo do tipo .gdyn.


Screenshot demonstrando o processo de filtragem pelas etiquetas.
Screenshots em sucessão para mostra o processo de filtragem através das etiquetas.
De qualquer forma, com a nova função das etiquetas ou tags, o fato de termos um grande numero de itens na lista de "Definições de ferramentas" ou em outras instâncias, como naquelas dos pinceis, por exemplo, torna o trabalho de seleção bastante fácil e simples... o importante é entender como classificar ferramentas e outros recursos do Gimp em modo prático e eficiente e prático. Eu pessoalmente prefiro pensar que quanto menos e mais focado forem as ferramentas e recursos mais simples será o workflow. Na verdade temos que trabalhar com as ferramentas e os recursos delas e não tanto passar o tempo em  atividades de procura ou seleção destas!

Para entender bem a função das etiquetas eu recomendo o artigo já publicado:
http://forksanddrills.blogspot.com/2012/08/howto-das-etiquetas-ou-tags-no-gimp-28.html
Seguirá um artigo sobre todas a instâncias das dinâmicas de pintura... que faltam algumas imagens para poder publica-lo. De qualquer modo este artigo é uma panorâmica teórica e como as dinâmicas vão pensadas e usadas segundo a minha opinião.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...