quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Mypaint e Gimp - Preview da minha integração - parte II

In progress do trabalho de colouring no Gimp para depois trabalhar no Mypaint.
In progress do trabalho de coloring de uma das pranchas no Gimp para depois trabalhar no Mypaint.
Bem agora depois de alguns dias trabalhando com o Mypaint e o Gimp, posso ter algumas ideias sobre este fluxo de integração entres estes dois brilhantes pacotes de Digital Painting.

A fase de inking no Mypaint é brilhante e solta, mas precisa ainda melhorar os pinceis para inking... eu os acho por demais soltos e macios. Preciso mudar as preferências destes pinceis para "amarrar" um pouquinho na hora do traço. Para sketches em geral deste jeito macio e fluído é o ideal.
Preciso trocar umas ideias com o Mozart Couto, sobre isto, pode ser que o problema esteja na tablet que estou usando uma wacom, que são notadamente macias. Quando estiver usando a monoprice 10x6.25 que comprei, talvez possa dizer algo mais a respeito.
Um dos fatos mais interessantes que notei é que o Mypaint produz um arquivo muito menor que os arquivos xcf do Gimp... a paridade de pixels o Mypaint tem um arquivo 4 vezes menor!

Se acontecer mesmo aquela integração entre Gimp-painter e Mypaint, hipotizada e mostrada no weblog do David Revoy [http://www.davidrevoy.com/article122/gimp-painter-2-8dev-test], vai ser uma coisa excelente... pois iremos evitar os vai-e-vem entre os dois pacotes, apesar da boa integração do arquivos .ora baseados em .png. Mas não sei se isto em termos de peso e agilidade vai ser realmente um ganho.

O Mypaint roda bem o canvas, com steps de 15°, o que é suficiente para mim. O zoom funciona otimamente como botão da stylus em combinação com a tecla Ctrl... sem nenhum problema. Preciso melhor os atalhos... mas até agora são bem bolados e funcionais... o jeito é usar os mesmos para o Gimp.

No Mypaint, uma das dificuldades que tive nestes formatos grandes foi encontrar o cursor com de pintura... ele praticamente some para o traço de inking... para encontra-lo eu uso bater no "space" e aí aparece o cursor "mão", bem mais evidente... Eu já postei no Mailing List do Mypaint esta questão e sugeri que fosse adotada alguma outra técnica para evidenciar a posição do cursor... agora pensando... eu acabei de ativar o Ctrl no cursor do mouse para evidenciar a posição dele... funciona muito bem no Mypaint... basta um toquinho no Ctrl e ai ele dá o efeito para evidenciar a posição.



Agora publico uma preview das imagens já finalizadas com os traços feitos inteiramente no Mypaint.
O tamanho da ilustração maior é um A3 e aquela compridinha é um 10x42 cm de largura.
Seguindo o conselho do Mozart Couto eu coloquei as massas de cor no Gimp, as ferramentas pra isto são mais interessantes e práticas aí... mas é minha intenção retornar no Mypaint para retocar as grandes massas de cor planas com os pinceis de acrilico, por exemplo, e promover um aspecto menos "lambido"  :). Aliás tenho que agradecer os conselhos do Mozart quanto ao trabalho de inking em geral e os toques sobre o estilo das minhas figuras.

Na medida do possível vou postando as dúvidas, soluções e truques deste percurso.
Inking feito no Mypaint. A imagem mede uns 10 cm de altura por 42 de largura.
Inking feito no Mypaint. A imagem mede uns 10 cm de altura por 42 de largura.
Imagem em formato A3 feita integralmente no Mypaint... Usando o Gimp para posicionar
e remanejar as figuras nos layers.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...